Sem categoria

GASTOS DOMÉSTICOS: COMO REDUZIR E CONQUISTAR A TÃO SONHADA CASA PRÓPRIA

O equilíbrio dos gastos domésticos, sem dúvidas, é um grande desafio enfrentado por grande parte das famílias. De acordo com a última Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), cerca de 66% das famílias brasileiras estão endividadas com cartões de crédito, cheque especial e empréstimos e uma parte sequer possui condições de quitar tais dívidas.

Mas aí fica uma pergunta: tem solução?

Garantimos que sim. O planejamento é palavra-chave para que você e seus familiares consigam equilibrar as contas e, inclusive, realizarem investimentos e sonhos, como o da tão sonhada casa própria. Descubra, a seguir, um passo a passo simples para conhecer a sua dinâmica familiar e se organizar.

O QUE SÃO GASTOS DOMÉSTICOS E COMO ORGANIZÁ-LOS?

Todas as despesas relacionadas à casa e subsistência familiar são gastos domésticos. Podemos mencionar como principais, por exemplo, água, luz, impostos, telefonia e internet, alimentação e cuidados pessoais.

Logicamente, os gastos variam e dependem da rotina e hábitos de cada família, razão pela qual é fundamental que você faça uma lista elencando todos os seus gastos, agrupando por natureza da despesa, de modo a verificar o que pode ser considerado desperdício ou fora de controle, bem como o que deve ser priorizado. Exemplo:

  • Essenciais ou fixos (água, luz, aluguel e IPTU);
  • Estilo de vida ou variáveis (Lazer);
  • Objetivos e Prioridades financeiras (Investimento e quitação de dívidas).

Para conseguir controlar melhor os seus gastos, é importante estar ciente do quanto tais despesas pesam no seu bolso. O ideal é que os gastos essenciais sejam, no máximo, 50% da sua receita. Caso o valor venha a extrapolar, a dica é repensar se o padrão de vida adotado realmente é compatível com a sua realidade financeira.

Por outro lado, os gastos variáveis são aqueles que não são essenciais, acontecem esporadicamente e exigem muito controle para não desequilibrarem as contas no fim do mês.

Por fim, e não menos importante, é de grande valia considerar gastos emergenciais que podem pegar você e sua família de surpresa. Se estiver preparado, será capaz de superar sem criar dívidas que podem desequilibrar toda a sua organização.

EXISTE ORÇAMENTO IDEAL?

Após todos os levantamentos e agrupamentos de despesas, você conseguirá entender como são os seus gastos e, conhecendo a sua receita, poderá usar a matemática a seu favor através da regrinha 50-30-20. Calma, é bem simples, veja:

Pegue os grupos que separou e aplique sua receita da seguinte forma: 50% da renda para gastos essenciais e fixos, 30% da renda para estilo de vida e variáveis e 20% para seus objetivos financeiros. Após, multiplique sua renda por 0,5; 0,3 e 0,2. O resultado para cada percentual é o limite de gasto que você tem para cada grupo.

Agora você sabe quais são seus gastos, quais são essenciais, o que é desperdício e o limite de gastos para cada grupo.

Com a nossa dica, você conseguirá eliminar gastos desnecessários, reduzir o que está em exagero e saber se está investindo pouco, o que compromete o seu futuro e a construção de patrimônio para sua família.

Quer saber como fazer um investimento imobiliário dentro do seu orçamento, com segurança e tranquilidade pra sua família? Entre em contato com a gente, nossos corretores estão prontos e capacitados para te ajudar a encontrar o imóvel certo para você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: